Golfinhos na visita histórica

     Ontem fomos ao castelo de Silves e a Lagos com a outra turma do 4ºano da nossa escola.
Primeiro fomos ao castelo de Silves. Depois de sairmos do autocarro, subimos, subimos até que chegamos ao castelo. É um monumento feito de arenito vermelho, uma rocha natural de Silves.    É o maior castelo do Algarve.
À entrada do castelo, estava uma estátua de D. Sancho I, (o segundo rei de Portugal), com um escudo e uma espada na mão. Tirámos várias fotografias ao pé daquele rei.

Silves1

     Entramos e passamos por um caminho largo que dava acesso ao caminho de ronda que é um caminho estreito que circunda as muralhas. O caminho era um pouco perigoso, pois havia lugares com mais de mais de três metros de altura. Do caminho de ronda, vimos algumas ruínas de pequenas casas que havia antigamente dentro do castelo.

silves2
Subimos a várias torres do castelo e avistamos várias partes de outra muralha que circundava o castelo. Estas torres também serviam para defender melhor o castelo quando era atacado porque podiam matar os inimigos de vários lados quando estes tentavam subir as muralhas.

silves3

silves6
Vimos também a torre de menagem que é a torre mais alta do castelo.
Visitamos também a cisterna por dentro. A cisterna era onde se armazenava a água que servia para abastecer as pessoas que moravam dentro do castelo. Neste momento, a cisterna já não tem água, mas uma exposição sobre o lince-ibérico.

silves4
De seguida, lanchamos e voltamos para completar o caminho de ronda.

silves8

silves5

silves7

    Fomos para o autocarro novamente para seguirmos para Lagos.
Passamos por uma grande praça onde vimos uma estátua do infante D. Henrique. A seguir, vimos numa parede da antiga muralha uma janela de estilo manuelino, de onde D. Sebastião assistiu a uma missa antes de partir para a batalha de Alcácer-Quibir. Vimos também a estátua de Gil Eanes, o navegador que dobrou o cabo Bojador.

silves9

silves10

silves11

    Almoçamos perto das muralhas da cidade. Depois, fomos a pé até ao Museu de Cera dos Descobrimentos.

silves12

silves13

    No caminho, vimos na ribeira uma réplica de uma caravela.

silves14
No museu, fomos guiados pelo Sr. Marco. Iniciamos a visita por uma sala onde se encontravam várias figuras de cera: o casamento de D. João I com D. Filipa de Lencastre, o infante D. Henrique. Atrás de nós, numa zona mais escura estava um pirata assustador.

silves16

silves17

    Noutra sala vimos o terrível Adamastor, Bartolomeu Dias e Gil Eanes. Esta sala tinha luz negra, então tudo o que era branco ficava mais intenso.

silves18

silves19

     Noutra sala vimos as figuras de Cristóvão Colombo, D. João II e do papa Alexandre VI que aconselhou os Portugueses a fazerem um acordo com Castela para evitar guerras entre os dois reinos por causas das terras descobertas – o Tratado de Tordesilhas.
Vimos ainda uma sala com as figuras do samorim da Índia, D. Manuel I, Vasco da Gama e Luís de Camões.

silves21

silves22

silves23

silves24

Gostamos muito desta visita!!

Texto coletivo

silves25

silves27

silves26

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s